Bem-vindo à página oficial da Assembleia da República

Nota de apoio à navegação

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Biografia
Manuel Alegre
PS
Nome completo
Manuel Alegre de Melo Duarte
Data de nascimento
1936-05-12
Habilitações literárias
Direito - Coimbra;
Sócio correspondente da Academia das Ciências, secção de Letras, eleito em 2005;
Academia da Latinidade;
Profissão
Escritor
Cargos que desempenha
Deputado e Vice-Presidente da Assembleia da República na X Legislatura;
Membro do Conselho de Estado;
Membro das Ordens Honoríficas;
Membro da Comissão Política do PS;
Cargos exercidos
Deputado na Constituinte, I, II, III, IV, V, VI, VII, VIII e IX Legislatura;
Vice-Presidente da Assembleia da República na VIII e IX;
Presidente da Comissão Parlamentar de Negócios Estrangeiros;
Vice-Presidente da Comissão Parlamentar Negócios Estrangeiros e da Delegação Parlamentar Portuguesa ao Conselho da Europa
Vice-Presidente da Assembleia Parlamentar e do Grupo Socialista ao Conselho da Europa
Vice-Presidente do GP/PS
Membro do Secretariado Nacional e da Comissão Nacional do PS;
Secretário de Estado da Comunicação Social e Porta Voz do 1.º Governo Constitucional
Secretário de Estado adjunto do Primeiro Ministro para os Assuntos Políticos
Condecorações e Louvores
Grã-Cruz da Ordem da Liberdade
Comenda da Ordem de Isabel "A Católica"
Grande Oficial de D. Higgins (Chile)
Medalha de Mérito do Conselho da Europa, de que é Membro Honorário
Medalha de Ouro da Cidade de Águeda
Medalha da Cidade de Veneza, por ocasião do Prémio Internacional "la Porta d Oriente - Viaggi e Poesia"
Prémios - Literatura Infantil António Botto, 1998
Prémio da Crítica Literária - atríbuido pela Secção Portuguesa da Associação Internacional Críticos Literários, 1998
Grande Prémio de Poesia da APE, (patrocinado pelos CTT), 1998
Prémio Pesssoa, patrocinado pelo Expresso (pelo conjunto da obra poética), 1999
Prémio Fernando Namora
Obras Publicadas
Jornada de África;
PROSA:
Alma;
Contra a Corrente;
A terceira Rosa;
Uma Carga de Cavalaria;
Arte de Marear;
Cão como Nós;
Um Velho em Arzila;
Rafael;
EDIÇÕES NOUTRAS LÍNGUAS:
Lusiade Exile;
Tara de April / País de Abril;
Che;
Manuel Alegre, Gedichte und Prosa;
Canto Atlântico;
L'Uomo de Paese Azzuro;
Corazón Polar y otros Poemas;
ANTOLOGIAS:
La Nuova Poesia Portoghese;
Veinte Años de Canción en España, 1963-1983;
Cent Poèmes sur L'Exil;
Poésie Portugaise Contemporaine;
Poemas Portugueses, Portuguese Gedichte;
Ecos de Borrasca;
Antologia da Poesia Portuguesa Contemporânea;
Poeti Portoghesi Contemporanei;
Antologia da Poesia Portuguesa Contemporânea;
Antologia do Conto Português;
Cem Sonetos Portugueses;
Inchiostro nero Che Danza sulla Pagina;
Anthologie de la Poésie Portugaise Contemporaine, 1935-2000;
POEMAS MUSICADOS E CANTADOS:
Poemas de Manuel Alegre foram musicados e cantados desde a publicação do seu primeiro livro. Antes do 25 de Abril, foi musicado e /ou cantado pelos nomes mais representativos da canção de resistência, como José Afonso, Adriano Correia de Oliveira, Luís Cília, Manuel Freire, José Niza, mas também por grandes guitarristas de Coimbra, como António Portugal e António Bemardino. Alain Oulman musicou poemas seus para a voz de Amália Rodrigues. Gravou poemas acompanhado pela guitarra de Carlos Paredes.
Posteriormente, está representado em Portugal nas vozes de João Braga, Paulo de Carvalho, Vitorino, Janita Salomé e muitos mais. No Brasil, foi musicado e cantado por Maria Bethânia e em Espanha pelo grupo galego ''Fuxan os ventos".
Em 2004 foi editado, em edição de autor, "Coração que nasceu livre", colectânea de poemas de Manuel Alegre cantados, musicados ou declamados por Adriano Correia de Oliveira, Carlos Paredes, Amália Rodrigues, Maria Bethânia, Paulo de Carvalho, Mário Viegas, António Bemardino, Manuel Freire, Janita Salomé, Carlos Mendes, Carlos do Carmo, Francisco Fanhalli, Cristina Branco, Vitorino e o grupo Linha da Frente.
Praça da Canção;
O Canto e as Armas;
Um Barco para Ítaca;
Letras;
Coisa Amar, Coisas do Mar;
POESIA:
Nova do Achamento;
Atlântico;
Babilónia;
Chegar Aqui;
Aicha Conticha;
Obra Poética, Vol. I, O Canto e as Armas;
Rua de Baixo;
A Rosa e o Compasso;
Com que Pena;
Sonetos do Obscuro Quê;
Coimbra nunca Vista;
Trinta anos de Poesia;
As Naus de Verde Pinho;
Alentejo e Ninguém;
Che;
Senhora das Tempestades;
Pico;
Rouxinol do Mundo;
Obra Poética;
Livro do Português Errante;
Diálogos = Cristina Valada + Manuel Alegre;
O Homem do País Azul;
Títulos académicos e científicos
A sua obra tem sido objecto de estudos e teses em universidades nacionais e estrangeiras: Universidade Nova(Lisboa), Faculdade de Letras(Coimbra), Universidade Livre de Bruxelas, Universidade Livre de Gaulle, Lille, Universidade de Nice, Bologna, Instituto Orientale (Nápoles)
Conferências em Escolas e Universidades Nacionais e Estrangeiras