Bem-vindo à página oficial da Assembleia da República

Nota de apoio à navegação

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)


Petição Nº 597/XIII/4
Solicitam que a profissão de tripulante de cabine seja qualificada como de desgaste rápido.
Texto da Petição [formato PDF]
1° Peticionante: 
Amélia Luciana Brugnini de Sousa Uva Passo
Entrada na AR: 
2019.02.26
N° de Assinaturas: 
13234
Situação: 
Proposta para apreciação em plenário
Comissões a que baixou:
XIII - Comissão de Trabalho e Segurança Social
Data de Baixa à Comissão: 
2019.03.12
Admitida em:  
2019.06.05
Arquivada em: 
2019.07.10
Situação na Comissão:  Concluída
(Nota de Admissibilidade) [formato PDF]
Relator: 
Bruno Dias (PCP)
Nomeado em:  2019.06.05
Pedido de Informação a:
MIN. DO TRABALHO, SOLIDARIEDADE E SEGURANÇA SOCIAL em 2019.06.06
N° Oficio pedido:
49/CTSS/2019
Resposta em:
2019.07.09
Respostas dos Pedidos de Informação

RPI_Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social
Outros documentos

1 - AA.VV. (2014) "Final Report - Preliminary Cabin Air Quality Measurement Campaign". Hannover, EASA [Agência Europeia de Segurança Aérea] 1.A - AA.VV. (2014) "Final Report - Preliminary Cabin Air Quality Measurement Campaign". Hannover, EASA [Agência Europeia de Segurança Aérea] - Apêndice A 1.B - AA.VV. (2014) "Final Report - Preliminary Cabin Air Quality Measurement Campaign". Hannover, EASA [Agência Europeia de Segurança Aérea] - Apêndice B 1.C - AA.VV. (2014) "Final Report - Preliminary Cabin Air Quality Measurement Campaign". Hannover, EASA [Agência Europeia de Segurança Aérea] - Apêndice C 2 - AA.VV. (2008) "Tripulante de cabina - Risco profissional e desgaste na profissão". Comissão técnica de estudo das condições de trabalho dos tripulantes de cabine - Relatório Técnico dos Peritos Médicos 3 - CABON, Philipe (2017) "Scientific evaluation of the long-term impacts of working conditions on cabin crew´s health", Bruxelas, EurECCA 4 - CANNON, Frank (2016) "Aircraft cabin air contamination and aerotoxic syndrome - a review of the evidence", in Nanotechnology Perceptions 12, Basileia, Collegium. 5 - E.C.A. (2015) "ECA Position on Cabin Air Contamination", Bruxelas, European Cockpit Association. 6 - MICHAELIS, Susan (2016) "Implementation of the requirements for the provision of clean air in crew and passenger compartments using the aircraft bleed air system", Bedford, Cranfield University 7 - MICHAELIS, Susan et al (2017) "Aerotoxic Syndrome: a new occupational disease?", in Public Health Panorama, Vol. 3 Issue 2, JUN 2017, p. 198 - Copenhaga, Division of Information, Evidence, Research and Innovation / WHO Regional Office for Europe [OMS] 8 - MATHÄB, Simone Ramos (2012) "Antecedentes do Bem-Estar em Tripulantes de Cabine: Características do trabalho, fadiga e experiências de recuperação", Lisboa, ISPA Instituto Universitário 9 - TAVARES, Crisálida Correia Tavares (2011) "Percepção de Risco dos Tripulantes de Cabina da SATA Air Açores", Ponta Delgada, Universidade dos Açores 10 - WINDER, Chris et al (2000) "Aerotoxic Syndrome: Adverse Health Effects Following Exposure to Jet Oil Mist During Commercial Flights", in EDDINGTON, I., editor, Towards a safe and civil society, p. 196 - Brisbane, Intern Cong on Occup Health Conf 11 - ZAMBUJAL, Ricardo Miguel (2013) "Fadiga ocupacional e processos de regulação emocional: Um estudo exploratório com tripulantes de cabine", Lisboa, ISPA Instituto Universitário
Data Relatório Final: 
2019.07.03
Relatório Final [formato PDF]
Data de envio ao PAR: 
2019.07.11